Joyce Pascowitch Jornalista renomada e de grande destaque no Brasil e no exterior, Joyce Pascowitch comanda o Grupo Glamurama, que publica o site Glamurama, um dos veículos de maior audiência da internet, citado frequentemente por publicações internacionais. Além do site, o Grupo também edita as revistas Joyce Pascowitch, PODER, Modo de Vida e MODA.

Mais uma sexta-feira, mais um vlog. Nesta semana vou falar sobre minha mais recente viagem para Londres e Paris. Fui convidada para participar da reinauguração do The Lanesborough – o mesmo hotel que Madonna já ficou antes de ser casada com Guy Ritchie, em Londres. Depois de alguns dias por lá, fui rumo a Paris, onde tive uma leve reconciliação com a cidade. Estou em um momento da vida mais “free spirit”, na vibe de Londres, que aprendi a gostar há uns 3 ou 4 anos, depois de uma viagem com Antônio Bivar.

Ah, no vídeo eu cito quatro restaurantes imperdíveis por Londres, que são esses:

Hoje eu vou falar de comédia e entretenimento, dois assuntos que sou louca e há um tempo queria compartilhar com vocês. São sugestões ótimas para aproveitar o tempo frio que anda fazendo por São Paulo. Dê o play!

Um resumo fotográfico da minha viagem para Londres, um dos meus destinos preferidos.

Good morning, London! Back to reality after two days of partying... And what a reality: the Queen's guards. Only at #MandarinOriental ! Thank you #xmartviaja ! #mo_hydepark #glamurama #joycepascowitch

Good morning, London! Back to reality after two days of partying… And what a reality: the Queen’s guards. Only at #MandarinOriental ! Thank you #xmartviaja ! #mo_hydepark #glamurama #joycepascowitch

Oh Sunday in London... On our way to Columbia road. #joycepascowitch #glamurama

Oh Sunday in London… On our way to Columbia road. #joycepascowitch #glamurama

Breakfast with a view. #glamurama #joycepascowitch #MandarinOriental #mo_hydepark #xmartviaja

Breakfast with a view. #glamurama #joycepascowitch #MandarinOriental #mo_hydepark #xmartviaja

Oh London.... Hyde Park. Spring! #glamurama #joycepascowitch

Oh London…. Hyde Park. Spring! #glamurama #joycepascowitch

Cherry blossom. Sakura. London! #glamurama #joycepascowitch Primavera começando a dar o ar da graça...

Cherry blossom. Sakura. London! #glamurama #joycepascowitch Primavera começando a dar o ar da graça…

Oh Ottolenghi... #London #glamurama #joycepascowitch

Oh Ottolenghi… #London #glamurama #joycepascowitch

The best girlie drink: Mademoiselle Joyce! Thank you so much #MandarinOriental #mo_hydepark just loved it! amei ! #glamurama #xmartviaja #joycepascowitch

The best girlie drink: Mademoiselle Joyce! Thank you so much #MandarinOriental #mo_hydepark just loved it! amei ! #glamurama #xmartviaja #joycepascowitch

 

Cá estou eu, de novo, on the road. Tradução: com o pé na estrada. Desta vez na Córsega. Confesso que este ano foi bem na estrada: Londres, em março, depois Nova York, em maio, Londres de novo. Agora, Córsega via Paris. Em Paris, vitrines incríveis como as de Balmain e Céline. Adoro. Gosto de moda e gosto de coisas bem feitas e diferentes, originais. No Bon Marché, a prova de que uma department store à maneira antiga pode, sim, ter uma edição de produtos impecável. Tem de tudo lá. Muitos brasileiros nas ruas, muitos mesmo. Prova também de que o euro realmente está desvalorizado e o real, gritando. Ponto para nós, porque a gente merece. Agora vejo o anoitecer na Córsega e me sinto muito bem, distante de tudo. Pensando em Napoleão Bonaparte e no aroma de immortelle, a flor amarela que brota por aqui. Dizem que Napoleão , quando chegava de viagem, de navio, sentia de longe, ainda no mar, o aroma da immortelle. Uma coisa meio curry, estranha, deliciosa. Entendo perfeitamente o que Napoleão sentia. Hoje estou eu aqui, em 2010, pensando em Napoleão, no mar, nas flores. Sugiro um brinde. Vinho rosé cai muito bem numa noite de pré-verão. Saúde para todos, porque eu vou dormir.

A flor imortelle e água corsa: pé na estrada

Flor immortelle e água Orezza: experiência corsa - Fotos: Joyce Pascowitch

Vou tomar decisão de fim de ano agora. Um pouco atrasada mas é o que preciso fazer neste momento: vou me apresentar aqui neste espaço, neste blog, com mais frequência. Muito mais. Primeiro, porque acho que vocês, meus queridos leitores-internautas, parecem gostar do que escrevo, sinto isso. E segundo, porque eu preciso escrever. Parece que fico engasgada quando não divido meus pensamentos, minhas opiniões, minhas noias. Nestes últimos tempos, passei por Nova York, vi Claude Monet na galeria Gagosian, mas fiquei encantada mesmo foi com Marina Abramovic. Que força é essa, dessa mulher-performance que fica parada horas encarando o visitante que se presta a sentar em frente a ela no segundo andar do MoMA? Fiquei mexida com isso. Obras de arte contemporâneas são um dos meus “pratos” preferidos. Agora, estou de olho em Tracey Emin, uma inglesa incrível cuja obra vi no Victoria and Albert Museum e ao vivo, ela mesma, na festa da Louis Vuitton da qual participei, tudo em Londres, tudo na sequência de Nova York. Tenho dificuldade em fazer viagens triangulares, tipo Estados Unidos e Europa na mesma cajadada. Desta vez, tive de fazer assim. O estresse só foi amenizado porque o jetlag não foi, por causa de minha estreia em um voo da Virgin Atlantic. Que incrível! A disposição das poltronas, o bar logo na entrada, a música – pop – de fundo, a luz nos banheiros e até os personagens do filminho sobre segurança no voo. Só tive um probleminha: não entendia nada do que os comissários falavam… Depois descobri que eles costumam ser todos de Manchester, terra em que o sotaque é dos mais fortes… Ossos do ofício. Cama perfeita, travesseiro, lençol, edredon: estava tudo muito bom. Pena que o voo NY-Londres só dura seis horas, o que impede um sono reconfortante. Um chá completo na Cocomaya, meu lugar preferido na cidade, me fez sentir que, sim, eu tinha mudado de continente. A festa e a inauguração da loja da Louis Vuitton me fizeram também ver que, sim, eu estava no primeiro mundo. Todos os lugares têm sua graça, seu encanto. Principalmente minha casa. Em São Paulo, Brasil.