Joyce Pascowitch Jornalista renomada e de grande destaque no Brasil e no exterior, Joyce Pascowitch comanda o Grupo Glamurama, que publica o site Glamurama, um dos veículos de maior audiência da internet, citado frequentemente por publicações internacionais. Além do site, o Grupo também edita as revistas Joyce Pascowitch, PODER, Modo de Vida e MODA.

No “Eu, Joyce” desta semana, uma reflexão sobre as metas feitas para o ano de 2016. Ainda estamos em tempo de retomar os projetos do começo do ano? Play!

Na semana dos namorados, vamos falar sobre os diversos tipos de amor, e os programas perfeitos para quem está se sentindo micado sem ninguém para namorar. Vem!

Feliz Ano Novo! No primeiro dia de 2016 proponho aqui no vlog um desafio: olhar em volta. Vamos tomar as resoluções de ano novo que dizem respeito a nós, mas também devemos partir do micro para o macro, pensar no que vamos fazer com o que está a nossa volta. Vamos? Aperte o play e entre nessa onda comigo!

Incrível como na vida, às vezes, a gente tem de parar para pensar sério. Não estou falando de questões pessoais, mas sim nos assuntos da vida, das pessoas em geral – que nem precisa ser a gente especificamente. Estou falando disso por causa do post que fiz sobre aborto. Claro que o assunto não veio do nada assim de repente. Apenas foi fruto de uma pesquisa da qual participei. Mas valeu para trazer para a roda e para a discussão um assunto complicado, polêmico, delicado. Foram muitos os posts com opiniões pró e contra. Acho muito democrático essa história de internet. Eu adoro escrever. Mas tanto quanto adoro escrever, adoro saber o que os internautas estão pensando, para onde as coisas estão caminhando. Gosto de ver as diferenças entre cada pensamento, como cada um se expressa, essa mistura toda de ideias. Só tem uma questão: mexe muito com a gente. No meu caso, me faz repensar sempre meu ponto de vista. Gosto de ser estimulada, desafiada a pensar. Gosto desse exercício e sempre que puder e tiver oportunidade vou focar em assuntos estimulantes. No mais, fim de semana chegando, GP de Fórmula 1 e a comemoração de 3 anos da revista que dirijo. Confesso que corridas, assim como disputas, não me mobilizam. Mas chegar ao terceiro aniversário de uma revista que se mostrou autêntica e vitoriosa, num mundo onde revistas só fecham… Bem, disso eu me orgulho muito. Crescer e se multiplicar. E tudo com uma equipe superafinada, bem disposta, alto astral. Para eles, muito obrigada. Para vocês, que me acompanham aqui, também.

  Cá estou eu, de novo, numa conversa diária com você, querido e fiel internauta. Internauta e leitor de tantos e tantos anos. Aqui neste espaço, notícias, comentários, novidades, sempre com aquele olhar de quem tem uma curiosidade exacerbada sobre o mundo, sobre pessoas, influentes e nem tanto, sobre coisas novas, inusitadas.

  Minhas antenas estão mais ligadas que nunca. Em plena sintonia com a cidade, o país, o mundo. O que eu gostaria de proporcionar? Informação, sim, mas sempre com prazer. O prazer de um texto com estilo, ironia, e até sofisticação, por que não? Participações ativas são muito bem-vindas. Audiência, então, nem se fala! Venham todos! Prometo não decepcionar.

Joyce Pascowitch